Mais novidades

Olá pessoal!

Resolvi tomar o posto da escritora oficial do blog para comunicar minhas boas novas. Depois de 2 meses ainda trabalhando para a empresa que estava no Brasil, consegui meu primeiro emprego 100% Canadense e começo a trabalhar no dia 10/12. Já vou avisar que o post vai ser longo, pois, além de contar como foi o processo de contratação em si, vou também comentar um pouco sobre os váááários workshops que fiz durante esses dois meses de Canadá, para aqueles que estão pensando em vir para Ottawa já irem se familiarizando. :-)... Por falar neles, descobri que aqui existem mais de 200 instituições com os mais diversos programas para ajudar novos imigrantes, todos mantidos pelo governo (municipal, provincial ou federal), sem custo nenhum para os participantes (até por isso que fiz vários. Hehehe...)

O primeiro workshop que fizemos foi na OCISO, que a Adri chegou a fazer um post explicando como foi, então não tenho muito a acrescentar. Só vou dizer que nesse workshop entramos em contato com a Fiona, da World Skills, que foi quem me indicou para um outro programa, chamado ITO (Information Technology Orientation), que é direcionado para os profissionais da minha área. Depois disso, tanto eu como a Adri atualizamos nosso perfil no Monster e no Workopolis, que são os sites de emprego mais usados por aqui, para adequar nosso currículo aos padrões canadenses.

O próximo passo foi fazer o workshop de 3 dias da ITO, sendo que o foco principal do workshop foi ensinar aos participantes como procurar emprego a partir da leitura de notícias de negócio. Também fiquei sabendo que existem mais de 2000 empresas consideradas de TI aqui em Ottawa (e eu conhecia umas 10, no máximo... Hehe). Vai aí uma dica para quem vem para Ottawa: ler o Ottawa Business Journal (distribuído gratuitamente e também on-line em http://www.ottawabusinessjournal.com/) para saber quem está expandindo, quem está ganhando contratos, etc. Cada vez que eu encontrava uma empresa que não conhecia, eu ia para o site da empresa, olhava o que estavam fazendo e, principalmente, olhava em 'Carreiras' para ver as oportunidades disponíveis (o emprego eu consegui aplicando diretamente para a empresa no site).

Outros lugares que fui e que também ajudaram bastante foram Work Place Ottawa e World Skills. No primeiro eu fiz quatro workshops, mas eles oferecem uns 15 diferentes (no dia que você vai lá a primeira vez, eles explicam cada um deles e sugerem alguns de acordo com a profissão). Eu até teria feito mais, mas consegui o emprego antes. :-)... Já no segundo eu fiz menos workshops, mas estive mais em contato com as facilitadoras (é como chamam aqui as pessoas que dão o workshop). Uma delas (Magdalene) inclusive foi minha referência no processo de contratação (aqui eles não só pedem pelas referências como ligam para elas. Ligaram até para meu chefe no Brasil). Depois de tanto receber ajuda, resolvi me voluntariar na World Skills para dividir minha história com os demais imigrantes que estão na mesma situação que eu estava e me convidaram para ir lá hoje contar minha experiência, o que foi até engraçado, pois até a semana passada eu estava junto nos workshops com a maioria das pessoas para as quais falei hoje (até me senti importante com tantas pessoas me ouvindo e fazendo perguntas. Hehehe...)

Finalmente passando para o processo de contratação (que é mais outro tanto. Hehehe... Eu disse que seria um longo post). Acredito que tenha sido o padrão aqui do Canadá, ou seja, bem diferente do que aconteceu com a Adri, que foi num dia conversar com o "chefe" e no outro já estava empregada. :-)

Tudo começou com uma ligação da Mitel dizendo que eles receberam meu currículo e que estariam interessados em agendar uma entrevista. Então lá fui eu para a primeira entrevista no dia 23/11, que na verdade foram duas, pois eu tive que conversar com dois funcionários da empresa (o Gerente de Vendas e Engenharia, que será meu chefe, e o outro que estará mais envolvido com o projeto que eu vou trabalhar). Depois das 2 entrevistas eles me disseram que iriam conversar e, caso eu tivesse "passado", teria uma terceira entrevista com o desenvolvedor do projeto, que trabalha no Reino Unido. Então na segunda-feira (26/11) recebi a dita ligação do Reino Unido e foram mais uns 30 minutos de entrevista por telefone, explicando minha experiência e como ela se relacionava com o que vou ter que fazer. No fim ele disse que repassaria as informações para meu "novo chefe" e eles dariam continuidade ao processo. Na segunda de tarde tanto meu chefe no Brasil como a Magdalene (minha referência aqui) me informaram que alguém da Mitel havia ligado para interrogá-los. Hehehe... Mas isso era um bom sinal, pois eles ainda estavam interessados. Na terça recebi uma ligação do RH da empresa dizendo que queriam fazer mais uma entrevista, que foi marcada para quarta (28/11). Diferentemente das outras 3 entrevistas, que foram mais técnicas, a entrevista com o RH foi voltada para minha personalidade e habilidades interpessoais. Quase todas as perguntas começaram com 'Fale-me sobre uma vez que' e a resposta, conforme eu aprendi nos workshops, deveria relatar a situação, a tarefa, a ação e o resultado (ou STAR - Situation/Task/Action/Result, como eles gostam de usar). Depois da entrevista a mulher me informou que iriam conversar e provavelmente teriam uma resposta até sexta-feira, então era só aguardar. Mas não tive que esperar até sexta, pois ela me ligou na quinta-feira me passando a proposta por telefone e depois por e-mail, sendo que na sexta eu respondi dizendo que aceitava.

Pronto, está contada a saga. :-)... Alguns detalhes foram omitidos (por incrível que pareça) para não ficar maior ainda o post.

Obs.: A Adri está preparando um outro post para contar mais novidades do final de semana.

Abraço a todos e boa semana,

3 comentários:

  1. Opa! Mt legal! Parabéns pelo emprego!

    Sou de TI tb e acompanho o blog de vcs há algum tempo. Moro ainda no Brasil e minha noiva e eu daremos entrada no processo ano que vem depois de casarmos, um história bem parecida com a de vcs... ah! e tb pretendemos ir pra Ottawa! ehehe!

    A propósito, iremos conhecer Ottawa e outras cidades em maio/08 numa vigem de reconhecimento da região... Se quiser bater um papo meu email eh: rafamalvestio at gmail.com

    Abraços e boa sorte pra vcs!

    ResponderExcluir
  2. Olá Adri e Diego,
    Encontrei o blog de vocês através de outros blogs sobre o Canadá e adorei ler os posts de vocês, principalmente porque eu e o meu marido estamos iniciando o processo para nossa ida para Ottawa! Achei super interessante saber que o governo oferece tantos workshops e ajuda aos imigrantes, o que é uma mão na roda pra quem vai iniciar uma vida em um país estrangeiro, né? Eu sei que nosso processo ainda deve demorar bastante pois faz apensa 1 mês que enviamos nosso formulário, mas vou continuar lendo o blog de vocês e acompanhando a adaptação a nova vida canadense!

    Abçs e até breve!
    Luciane & Cláudio
    Porto Alegre
    luciane.baldo@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Adri e Diego,
    Descobri o blog de vocês através de outros blogs sobre o Canadá. Adorei ler as informações que vcs estão postando, principalmente porque eu e meu marido entramos com o processo para imigração e pretendemos morar em Ottawa! Achei ótimo saber que o governo oferece tantos workshops aos imigrantes pois não deve ser nada fácil iniciar uma vida em um país estrangeiro. Vou continuar acompanhando o blog de vocês e assim que nosso processo for caminhando vamos trocando idéias.

    Beijos e boa sorte!!!
    Luciane & Cláudio
    Porto Alegre
    luciane.baldo@yahoo.com.br

    ResponderExcluir