Master Series de Toronto

Olá pessoal,

No dia 25/07 fomos para Toronto para visitar nossos mais novos amigos Renato, Fernanda, Lucas e Felipe (também gaúchos, mas da capital. Hehe...), que nos receberam em sua casa juntamente com os mais antigos amigos Gadi, Suzi e Ana. Ficamos os 9 no apartamento deles, mas apesar da quantidade de gente sobre o mesmo teto, ficamos muito bem acomodados. :-)

Chegamos na sexta-feira de noite e fomos recebidos com um super churrasco, inclusive com direito a farinha de mandioca... Hehehe... Eles estão em Toronto faz um pouco mais de 5 meses e estão morando em North York, que é uma cidade da região metropolitana, com aproximadamente 650 mil habitantes. A região é extremamente bonita e com certeza é uma ótima área para morar na grande Toronto.

Renato e seu churrasco de primeira categoria...

Quem aceita uma linguicinha com farinha de mandioca??


E a risada rolando solta...


Meninos no pós-churrasco...
No sábado fomos passear pela manhã, conhecendo a Casa Loma e o Royal Ontario Museum...
A Casa Loma, que é hoje umas das grandes atrações turísticas de Toronto, foi construída para Sir Henry Pellatt a partir de 1911. Com seus 98 dormitórios, a casa era a maior residência privada da América do Norte quando concluída em 1914, depois de aproximadamente $3.5 milhões de dólares.
A Casa também foi locação para diversos filmes norte-americanos, entre eles The Love Guru (Guru do Amor), X-Men, Chicago, The Tuxedo (O Terno de 2 Bilhões de Dólares), Harry Potter and the Half-Blood Prince (ainda inédito) e The Pacifier (O Pacificador).


Casa Loma
Passamos também pelo Royal Ontario Museum que é o 5º maior museu da América do Norte (e o maior do Canadá), contendo mais de 5 milhões de ítens. Ele foi construído em 1912 e sofreu diversas expansões, sendo a 3ª delas a mais marcante. O arquiteto Daniel Libeskind foi responsável pelo design deconstrutivista do volume em vidro e alumínio que se projeta ao exterior do prédio do museu quase centenário.De tarde, partimos para o evento principal, que era uma das semi-finais da Rogers Cup de tênis (um dos 9 torneios do Master Series, que, depois dos Grand-Slams, são os eventos mais importantes). O Guga chegou na final desse torneio em 1997, quando a edição foi disputada em Montreal (nos anos pares o evento masculino é em Toronto e o feminino é em Montreal e nos ímpares acontece o inverso), mesmo ano que ele venceu Roland Garros pela primeira vez, mas perdeu para o norte-americano Chris Woodruff por 2 sets a 1, com parciais de 7–5, 4–6, 6–3. A idéia era assistir ao jogo do Federer, mas ele perdeu na primeira partida dele, sendo que acabamos vendo o jogo entre Gilles Simon (francês e atual número 14 do ranking) e Nicolas Kiefer (alemão e atual número 21 do ranking). O jogo foi bastante disputado, acabando com vitória de Kiefer por 2 sets a 1.
Chegando para o torneio...
Diego e Gadi


Painel central com o horário dos jogos
Multidão amante do tênis

Olha o que nós achamos... As Legítimas Havaianas... precinho de artigo importado.... U$24,99
Diego, Renato e Gadi
Jogo parado por causa da chuva...
Pessoal secando a quadra...
Jogadores voltando ao jogo
Quadra nº 2
Quadras de treinos

No próximo post, a nossa visita à Niagara Falls e suas belezas.
Abração a todos,
Adri e Diego

3 comentários:

  1. Caramba, que luxo de detalhes históricos e arquitetônicos! Assim o post do meu blog ficou no lixo!! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ola meninos! O comentário sobre o passeio de vcs foi muito bem explicado, adorei ler e ver as fotos. Parabéns BEA

    ResponderExcluir
  3. ô Gadi.. cá entre nós.. eles se puxaram na descrição dos fatos,né?... até eu acabei aprendendo alguma coisa...mas olha só.. se o teu post ficou um lixo.. o que sobra pra mim que nem coloquei nada ainda?!?!eheeh
    vou me puxar mais que vcs!!!ahahhah
    Imagina o que ela vai colocar de Niagara Falls?!?!? deve tá se preparando pra arrasar.. ahahahah
    Beijos pra todos vcs!
    Parabéns Adri!
    Temos que marcar proximo encontro.

    ResponderExcluir