O inverno canadense


Bom, respondendo ao comentário da Vanessa, resolvi falar um pouco sobre o inverno canadense. Acho que dá para dividir o inverno canadense entre o frio e a neve. 


O FRIO


Normalmente os dias mais frios do inverno, que chegam a -30, são os mais bonitos. Você acorda, olha para fora e vê aquele sol forte e céu tão azul que dá vontade de sair de mangas curtas na rua. Mas é só abrir uma fresta na janela para perder a vontade. Nesses dias têm que se preparar bem para sair, colocando duas camadas de calça (eu estava me virando com uma de pijama mesmo, mas existem algumas específicas para isso), uma camiseta térmica por baixo da blusa, botas para frio de -40, luvas, touca e uma boa jaqueta (nós trouxemos as jaquetas que usávamos no RS e não foram suficientes, então aconselho comprar uma bem apropriada para o frio daqui). Nesses dias não dá para ficar muito tempo na rua, que o rosto começa a congelar. Hehehe… A vantagem é que todos os lugares que você vai são aquecidos, então o tempo na rua não é tão grande. E também foram poucos os dias que a temperatura ficou tão baixa (acho que uns 5 no inverno inteiro). O negócio é se preparar bem e fazer alguma atividade indoor. E também acredito que você se acostume um pouco com o frio depois de um tempo, pois no final do inverno passado eu tenho foto de camiseta de manga curta num dia que estava 5 graus. :-) Uma desvantagem é que você tem que ficar tirando e colocando todas essas camadas de roupa quando sai de casa e chega no trabalho e depois quando sai do trabalho e volta para casa. A maioria das casas possuem um closet perto da porta, para que os convidados deixem os casados, mantas, luvas e toucas. E também um tapete (ou algo do gênero) para que você deixe os sapatos (cuidado com as meias furadas, porque normalmente a gente fica de meias nas casas dos outros… hehehe). Bom, finalizo a parte do frio dizendo que o povo se preocupa mais com proteção do que com a moda, então você vê cada coisa andando pela rua que não dá para acreditar. Hehehe…


A NEVE


Apesar de ser o mais bonito do inverno, também é o que mais incomoda, principalmente quem tem que ficar tirando neve da frente de casa em dia de tempestade (se você deixa acumular a neve na frente da sua casa, você é multado). A prefeitura tira a neve da maior parte das ruas e calçadas, mas alguns lugares mais remotos (onde os caminhões da prefeitura só vão de vez em quando) acabam contratando serviços terceirizados para tirarem a neve. Para nós foi bom ficarmos em um apartamento durante o primeiro inverno, pois não precisamos enfrentar essa parte. :-) Dependendo da quantidade de neve que está caindo, fica difícil de caminhar, os ônibus atrasam e as ruas ficam uma bagunça (mais acidentes também). Além disso, algumas escolas cancelam as aulas e várias pessoas que podem trabalham de casa. Também vamos dizer que os dias de tempestade de neve não são tantos. Quer dizer, o inverno passado foi o nosso primeiro aqui e foi um dos piores invernos da história de Ottawa em termos de neve, com mais de 4m acumulados durante a estação. A neve começou em meados de novembro e parou de cair em meados de março, então foram 4 meses nevando, com direito a 80 cm em um único final de semana. Mas o pessoal diz que o normal aqui para Ottawa é menos neve e mais frio. Vamos ver como será este inverno. Parece que está se confirmando, pois tivemos pouca neve até agora (apesar de ter começado em outubro ainda).


---------------


Na verdade, todo mundo aqui adora reclamar do tempo. Eles até ficam com uma cara meio sem entender quando a gente diz que veio do Brasil, mas que não está achando o inverno tão ruim. Acho que eles ficam desapontados. Hehehe… Para ser bem sincero, quando o inverno passado estava acabando, a gente estava pensando um pouco se não tinha um lugar um pouco “menos” frio no Canadá para irmos. Mas depois veio a primavera e o verão e o sentimento mudou. É impressionante ver como as pessoas apreciam essa mudança, com os parques cheios, pessoas indo para o trabalho de bicicleta (até eu adotei essa), festivais ao ar livre, etc.


Algumas dicas que recebemos: se envolver em atividades de inverno (patinar, esquiar, etc), pois esperar o inverno passar em casa pode ser meio depressivo. Além disso, os dias são muito curtos (agora está amanhecendo perto das 8h e escurecendo 16h30min), então o negócio é participar de atividades “indoor” durante a semana, como ir para a academia ou jogar futebol.


Meu conselho: o negócio é “entrar no clima”, literalmente. :-)


Bom, vou finalizar com algumas fotos que tiramos da sacada do nosso apartamento em diferentes épocas do ano, para mostrar um pouco o contraste das estações.


Novembro de 2007 (no dia da mudança)







Novembro de 2007 (primeira neve)








Dezembro de 2007  (o rio "congelado" e mais uma tempestade de neve)






Janeiro de 2008 (uma manhã de inverno)




Março de 2008 (última tempestade de neve e o sol "ressurgindo das cinzas")









Maio de 2008 (primavera chegou e as folhas voltaram às árvores)





Junho de 2008 (tudo "verdinho", com a mãe posando para as fotos... hehehe... Depois que o verão passou que nos demos conta que não tiramos nenhuma foto da sacada)




Outubro de 2008 (outono chuvoso e a neve voltando)







Novembro de 2008 (neblina escondendo a paisagem)






Abraço a todos,

2 comentários:

  1. Adorei as fotos! Ei, vcs que já tem mais vivência aqui em Ottawa me digam uma coisa, hoje (terça) foi um dia muito ruim ou foi normal? Estou ficando com medo de toda essa neve....rs...principalmente de dirigir na neve!

    Abraços,
    Ju

    ResponderExcluir
  2. Muito bom esse post!
    Eu já morei em Boston e fiquei meio isolada no inverno, então foi um tanto quanto incomodo... mas na situação que eu tava, até se fosse verão seria ruim...
    De qlqr forma, eu lembro que foram poucas as tempestades de neve, dias de dar medo (como deu na Ju ai embaixo - vi o post dela e me assustei tbm), mas é bom ver vc falando, pq foi há 3 anos que eu morei lá e já esqueci como é de fato a vida no frio... aí vc fica aqui no Brasil ouvindo as pessoas fazendo aquele terrorismo de comparar o Canadá com a Sibéria, sabe?! Rs! Começa a ficar com medo de ir...

    Eu vou aí em agosto do próximo ano... agosto, setembro... Quem sabe a gente não se encontra!

    Beijão e obrigada pelo post.
    Vanessa
    vcostaesilva@hotmail.com

    ResponderExcluir