Por que não curtir seu lar?

Oi gente!

Eu estava aqui pensando como adoro nosso cantinho. A cada dia que passa, a certeza de que escolhemos certo aumenta. Vou confessar que a área onde moramos em Gatineau, não possibilita se fazer muita coisa a pé e não tem um acesso muito fácil, vindo de transporte público (é que tem que pegar uns 2 ou 3 ônibus, se vindo de Ottawa), mas já aprendemos a curtir.
Me veio à cabeça um acontecimento da semana passada, que na essência, é extremamente inacreditável na minha concepção de mundo real (credo, que frase foi essa?!)

É que eu ganhei um jantar da empresa onde o Diego trabalha. Sim, EU ganhei. Não taaaanto pelo jantar em si, mas pelo gesto.
Veja só, quiseram me recompensar pela paciência e compreensão, de ter um marido trabalhando uma média de 70h semanais, com um jantar, à nossa escolha. Eu juro que não acreditei na hora, mas depois que a ficha caiu, eu comentei com o Diego que acho uma benção ele estar trabalhando em uma empresa onde reconhecem o trabalho dele e até a minha paciência.... hehehe (agora só falta o aumento né chefes!)
Pois foi assim que decidimos ir no nosso primeiro date night da semana, em uma steakhouse que estávamos planejando de ir desde que chegamos por essas bandas. Antes que vocês pensem: Não, o lugar não é um absurdo de caro, só nos faltou oportunidades e desapego à comida japonesa (que é onde vamos quando saímos, em 99% das vezes...hehe).
O restaurante chama-se The Keg Manor (faz parte da cadeia The Keg) e além da comida boa, o lugar tem muita história.
Começando que o restaurante fica em uma casa do século 19 (alugada pelo restaurante desde 1994 se não me engano) que faz parte do patrimônio histórico de Ottawa e eles mantiveram os ambientes basicamente no mesmo formato, então enquanto andávamos até nossa mesa, podíamos ver os cômodos distintos. Tenho a impressão que jantamos no quarto...hehe. 
Nossos pratos, obviamente steaks, estavam bem saborosos, mas eu não diria que foi o melhor que já comemos (eu julgo o prato pelo fator: tenho ou não que voltar aqui pra comer isso de novo? hehe)
Nosso jantar foi super agradável, mas comentei que esse negócio "chique-no-úrtimo" não é pra mim não. Eu me contento com bem menos sabe... Essa coisa de ter o garçom te pedindo um feedback a cada minuto eu até acho chato, ainda mais quando em boa parte das vezes eu estava com a boca cheia e só pude balançar a cabeça pra pessoa (que comédia!). 
Anyway, essa história nos leva ao segundo date night da semana, no sábado, quando resolvemos fazer um jantarzinho só à dois (ou à quatro, contando os dogs). E por mais que seja óotimo sair de casa, provar novos sabores, ver gente e quebrar a rotina, não dá pra negar que um jantarzinho em casa tem seu valor. 

Fiquem com algumas fotos que tirei no sábado:




No próximo post tem novis, volto pra contar logo que der.

Bisou!

5 comentários:

  1. oi pessoal, faz tempo q nao venho aqui..acho o blog de vcs demais!! adoro essas fotinhas! bjokas e uma 'linda semana.=0) elen

    ResponderExcluir
  2. Muito legal essa história. É mais motivação para quem, como nós, vai chegar em Ottawa no início do próximo ano.

    Nós estivemos em Ottawa em Julho passado e gostamos muito, tivemos ótimas experiências com os canadenses que conhecemos (e com os brasileiros também ;) ).

    Parabéns pelas conquistas!
    Marlon

    ResponderExcluir
  3. nossa ... a sua comidinha parece muito boa mesmo! e as fots ficaram otimas, super profissionais. eu adorei a decoracao da sala (do pouco que deu pra ver na foto) e ficou obvio o titulo do post - como nao curtir o lar quando tudo e tao harmonioso e de bom gosto?! parabens!!
    no trabalho do meu esposo tb eu e ele somos "mimados" de vez em quando pela minha compreensao ...
    beijos!! paola

    ResponderExcluir
  4. Oie Adriane!Olha, muito show mesmo o blog, viu? Já li e reli de "cabo a rabo" kkkkk Você entende né? Qdo a gente pretende imigrar, é isso que fazemos, não tem jeito! Mas o teu blog é muito especial,com tantas fotos maravilhosas,aff! Meu esposo e eu demos entrada no processo com a Maria João, pretendemos morar em Alberta,com nosso Jerry (pequinês) rsrsrs, ontem nem consegui te escrever, pois ele estava internado e eu ñ parava de chorar! uhauhuahaaa Sabe como é né? "Mãe de cachorro, também é Mãe!" rsrsrsrs Bjus de LuzZ!

    ResponderExcluir
  5. Posso dizer? Amei teu saleiro! Quero um chique assim também!

    ResponderExcluir