Gravidez no Canada - primeiro trimestre

Com a família crescendo, muitas coisas mudam na vida de um casal. Nós não somos mais principiantes na jornada de trazer um baby ao mundo, mas cada vez é diferente e revisei aqui no blog e vi que escrevi pouco aqui sobre nossa experiência na primeira vez. Segunda chance e agora vai! :)

Hi everybody!
As primeiras 12 semanas da gestação, que equivalem ao primeiro trimestre geralmente são de grandes emoções nãé mesmo? Quando ficamos sabendo na primeira vez, claro que o choque é maior, mas nesta segunda vez esta sendo especial de diversas outras formas.
Na gestação da Alice estavámos morando na província do Quebec e apesar de eu ter direito ao acompanhamento na provincia mesmo, acabamos optando por uma clínica em Ottawa, por uma prévia recomendação médica, acaso do destino e coisa e tal.
Todo o prenatal da Alice foi em uma clínica em Ottawa que só aceita novos pacientes por recomendação de outro médico (como todas clínicas ginecológicas/obstétricas são, até onde eu sei) e no caso de pacientes recorrentes (somente obstetrícia), como é nosso caso agora. Desta vez foi só ligar pra lá e avisar que tinham feito o teste de farmácia e que queria marcar a primeira consulta.
A nossa primeira consulta desta segunda gestação foi com 7 semanas e nesta clínica eles fazem um ultrassom pra confirmação de data e visualização do embrião como parte da consulta. Sei que nem todas as clínicas, mesmo em Ottawa, tem o mesmo procedimento, então nãé uma regra.
A partir daí, durante todo o primeiro trimestre, tem uma nova consulta a cada 4 semanas aproximadamente, o que pra nós foi só mais uma. Uma consulta típica envolve um encontro rápido para medir pressão, peso e comentários gerais com uma técnica, seguida de uma conversa com uma enfermeira e talvez com a nossa médica-obstetra. Veja que aqui você não fala com seu médico toda vez que vai pra consulta prenatal, a menos que algo mais sério seja detectado. Também não tem muita conversa fora do assunto, tipo como está sua família, trabalho etc, é direto ao ponto, pá-pum. Geralmente toda a consulta (sem ultrassom) dura uns 10 a 15 minutos (sem contar a espera entre uma e outra pessoa vir falar conosco). Gostamos bastante da clínica e acho nossa médica bem legal, apesar de termos poucas chances de ser ela quem vai estar na hora do parto, já que a clínica trabalha no sistema de grupo e são de 10 a 12 médicos que rotacionam de plantão. Na dia que Alice nasceu não era a nossa médica que estava de plantão (mas eu nem me incomodei, diga-se de passagem).
No finalzinho do primeiro trimestre também é oferecido o exame de translucência nucal, que nãé obrigatorio, mas visa, entre outras coisas, detectar mal formações e possível síndrome de Down no baby. Todo o processo engloba 1 ultrassom (com +/- 12 semanas) e 2 exames de sangue (um no mesmo dia do ultrassom e o outro com umas 15 semanas). Nós fizemos o ultrassom na clínica mesmo e os exames de sangue em laboratórios nesta segunda vez (na primeira vez não usamos o serviço de ultrassom da clinica (por termos que pagar extra) por sermos residentes do Quebec, então iamos no hospital).
Vale salientar que tanto o ultrassom como os exames de sangue e todas as consultas prenatais são gratuitos, se a mommy-to-be for coberta pelo sistema de saúde de Ontario (OHIP).

Volto com o relato do segundo trimestre em breve!