Visitando Barcelona - parte I


Nossos dias por uma das cidades mas fascinantes do mundo foram intensos, para dizer o mínimo. Acho que foi onde caminhamos mais de toda a viagem.
Barcelona, capital da Catalunya tem muitas e muitas coisa para ver e claro não conseguimos visitar tudo, mas pudemos conferir muitos dos principais pontos turísticos durante nossos 4 dias na cidade (e até velhos queridos amigos pudemos encontrar, olha que legal!).
Chegando lá, sentimos na pele que o catalão, falado na província, é mesmo muito diferente do espanhol (e eu ouso dizer que mais parecia com o francês do que espanhol) e notamos as bandeiras da Catalunya muito mais presentes que as da Espanha. Logo notamos as diferenças na comunicação do idioma e procuramos nos adaptar, apesar de que não tivemos problema em falar e ser entendidos no espanhol mesmo, ao invês do catalão, que é realmente bem difícil de entender (pelo menos pra nós que nem falamos espanhol tãaao bem assim).
Como de costume, nosso hotel ficava perto de uma estação de metrô e fizemos uso todos os dias da nossa estada por lá.
Começamos o primeiro dia cheio do arquiteto mais famoso da região e internacionalmente reconhecido, Antoni Gaudi. E olha, que como arquiteta, a visita às suas obras é imperdível, mas mesmo para não amantes da arquitetura, os passeios são show e eu super recomendo.

Eis nosso roteiro do primeiro dia. Caminhamos 90% do trajeto entre todos estes pontos turísticos e obviamente, não pudemos entrar em todos e curtir horas e mais horas em cada local, mas adoramos cada um destes lindos lugares que vocês verão nas fotos abaixo (fotos não faltaram neste dia e foi difícil selecionar - amei muitas delas):

  • Plaça da Catalunya
  • Mercado de La Boqueria
  • Les Rambles


A grande maioria dos lugares tem entrada paga, principalmente as do Gaudi. Em todos os lugares que li, recomendavam comprar ingressos antes para evitar filas, já que o acesso as casas e monumentos dele são com horário marcado. Acho de certa forma incoveniente isso, pois tivemos que calcular bem o dia e horário das visitas para fechar com nossos passeios. No fim deu tudo certo, não precisamos esperar muito em filas e os lugares não estavam tão lotados, especialmente por essa idéia de horário e um número limitado de visitantes por vez.

Casa Battló


Incrível transformação de uma construção convencional - bem que eu sempre acredito no potencial dos lugares, além do que os olhos vêem...


Detalhes incríveis no interior da Casa Battló

Alice curtiu o audio guide e o monitor com imagens especiais da casa


Parece que tudo é tão bem pensado...

Mimo na lojinha de souvenirs


Destacando essa foto que foi nossa fotógrafa Alice quem tirou!


La Pedrera


Também conhecida como Casa Milà, o prédio é multi familiar e está em funcionamento até hoje, não só com afortunados moradores, como também é endereço de algumas empresas.

Chaminés esculturais - quem diria que ornar um elemento tão básico de uma edificação podia ter esse efeito tão impressionante.


Calor de rachar
Mesmo que você não curta muito à visita na La Pedrera, pelo menos as visuais lá do telhado são magníficas!

Passeando pelos interiores que fazem parte do museu, dos demais andares são privados, então a visita é relativamente curta.

Ângulos, ângulos...


Plaça de la Catalunya, Mercado de la Boqueria e Les Rambles


Plaça de Catalunya marca uma das regiões mais movimentadas de Barcelona...

Alice curtiu a brincadeira com os pombos...

Mercado público

Mercado de la Boqueria - super lotado!!


Les Rambles - rua famosa por comércio e bares - sempre lotada!
Fomos avisados nas redondezas de cuidar bolsas e mochilas por causa de roubos - não tivemos problemas, mas vale ficar de olho...
Ruelas simpáticas!!


Beijos e até a próxima parada em Barcelona - parte II vem logo aí... Pra quem quer acompanhar os posts dessa viagem, pode ver os posts anteriors na "tag" Espanha ou acessar os posts anteriores:

Madri I Madri IIParque Warner MadriMadri vídeosBarcelona - Parte IIBarcelona - Parte III

Um comentário: