Visitando Barcelona - Parte III

By Adriane Jungues - fevereiro 10, 2016

Nossa lista do terceiro dia nem é longa, mas enchemos nossos olhos e corações de turistas. Pra quem perdeu os dois primeiros dia em Barcelona, aqui vai o dia 1 e dia 2.

Sem sobra de dúvida, trabalhamos a panturrinha de tanto caminhar, subir e descer escadas e tudo mais, neste terceiro dia. Tudo foi super intenso e ao mesmo tempo super zen, pois momentos que passamos dentro da linda obra de Gaudi, Basílica de la Sagrada Famíla, nunca serão esquecidos.


  • Plaça d'Espanya
  • Área do Mont Juïc



Parc Güell

O Parc Güell foi uma aventura pra nós, já que não estávamos por dentro que a chegada até lá era meio complicadinha, especialmente com crianças (também não sei se tomamos o caminho mais difícil, mas enfim). Depois de subir ladeiras, se apertar em escadas rolantes estreitas, subir diversos lances de escadas com o carrinho e a Alice nos braços, andar por caminhos irregulares, etc, entramos e passeamos um pouco pela área dos monumentos. Pelo menos até a chegar na entrada, passamos por áreas com lindas vistas da cidade e amenizou nosso cansaço hehehe.
Devo dizer então que apesar de aparecer em alguns lugares da web que a entrada se faz por meio de dois dos icônicos prédios do parque, na vida real lá é somente a saída. A entrada se faz pelo lado oposto e lá sim, com acesso não muito "kid/stroller friendly".
O Parc Güell também tem venda de ingressos online e compramos uns poucos dias antes. A área dos jardins é gratuita para visitação, mas o que é mais legal e impressionante mesmo é a área dos monumentos, onde entrada é cobrada. A imponência e a atenção aos detalhes me impressionaram bastante e certamente vale a visita.

Vista linda de Barcelona e o mar  - a caminho do Parc Güell

Apreciando a Sagrada Familia lá de cima...

Estruturas do Parc Güell - El Pórtico de la Lavandera



Vista linda do alto da Plaza de la Naturaleza


Diego turistando na área dos monumentos - na Plaza de La Naturaleza (topo da La Sala Hipóstila)

La Sala Hipóstila
La Escalinata el Dragón

El acceso y los pabellones de portería (apesar de aí ser a saída)

La Escalinata el Dragón

Basilica da Sagrada Familia


A igreja tem uma energia fora do comum, tão penetrante e a imponência e beleza impressionam, pelo menos na minha opinião. Vamos ter que voltar lá outras vezes com certeza, ainda mais daqui uns 10 anos, quando eles prometem terminar finalmente a igreja, depois de mais de 1 século de construção (que começou em 1882).
A igreja tem bilheteria, mas eu fortemente recomendo a compra antecipada, para evitar filas e possíveis super lotações. As torres também podem ser visitadas, cada uma com um ingresso à parte que eu também recomendo comprar pela internet antecipadamente, já que os ingressos se esgotam rapidamente ou nem estão disponíveis no local. Só eu subi numa das torres (Torre da fachade del Nacimiento) e Diego ficou com as meninas esperando, pois não permitem a subida com crianças (e eu totalmente entendo o porquê - a passeio é feito por corredores estreitos e a descida é feita toda por escada, sem proteção no lado de dentro).

Esquerda: Fachada de la Pasión
Direita: Fachada del Nacimiento

O interior está quase pronto - e é de tirar o fôlego


Show de cores e luzes - tudo natural

Vista das torres no passeio pela Nativity Tower

Podíamos passar horas só admirando o inteior...

Fotos da galera

Vista do alto da torre

Detalhe da Puerta del Pórtico de la Caridad
Obras na fachada de la Pasión

Plaça d'Espanya


Uma das praças mais importantes de Barcelona, a praça foi construída na época da World's Fair de 1929 e fica aos pés do Mont Juïc.

Plaça d'Espanya

Vista do Mont Juïc direto da Avinguda de la Reina Maria Cristina


Área do Mont Juïc


Chegar pela estação de metrô da Plaça de Espanya é a melhor opção para visitar essa área tão linda de Barcelona. O Mont Juïc e seu prédio principal, o Palau Nacional, que hoje abriga o  Museo Nacional d'Art de Catalunya, foi construído para feira international de 1929. Nós tínhamos o plano de ficar até o fim do dia e ver o show de águas (fonte mágica) que acontece logo aos pés do museu, mas achamos o lugar muito vazio para tal e verificando na web, vimos que não tinha show naquele dia. Ficamos meio decepcionados!
Mas apesar de não termos entrado no museu e não termos vistos o show de luzes e águas, caminhamos bastante pela região, passeamos por alguns dos pontos importantes, inclusive o centro olímpico, construído em 1929, mas utilizado nas olimpíadas de verão de 1992. Outra grande atração, pelo menos pra mim como arquiteta e fã do arquiteto Santiago Calatrava, foi conhecer a Torre de Comunicacions Mont Juïc, projetada por ele, também para as olimpíadas de 1992. 
Deixamos alguns pontos de fora, mais por falta de energia mesmo, já que tínhamos caminhado muito nesse dia. Nada como deixar algumas coisas para visitar numa próxima viagem à Barcelona!

Mont Juïc: muitas escadas, mas tudo é acessível por escadas rolantes e rampas.


Palau Nacional - hoje abriga o Museo Nacional d'Art de Catalunya

Anoitecendo em Barcelona
Estádio Olímpico de 1992, ao fundo

Super imponente Torre de Comunicacciones - por Santiago Calatrava


Amigos


Conseguimos encontrar amigos de longa data em Barcelona. Eles são gaúchos também e hoje moram na França. Que sorte boa que foi  ter conciliado a visita nossa e uma viagem deles à trabalho e ter passados algumas horas botando o papo em dia! Queremos de novo!!

Nós com o Tiago e Marina, em Barcelona!


Onde ficar em Barcelona?


Mais uma vez, escolhemos um hotel dentro dos critérios de sempre, acesso à transporte público, reviews e preço. O Hotel Via Augusta foi o que melhor fechou com nosso critério, nos dias que estaríamos em Barcelona. A estação de metrô ficava super perto e o hotel se localizada meio que a distâncias iguais de diversas atrações que tínhamos reservado para conhecer. O café da manhã era à parte, mas bem caprichado. Recomendamos!

Vista do nosso quarto

Ok ok, Barcelona, see you again!

  • Share:

You Might Also Like

2 comments

  1. Linda as fotos! Obrigado por compartilhar! =]

    ResponderExcluir
  2. Tenho que dizer que esses seus posts nos ajudaram muito!! Eu e meu marido fizemos uma viagem pra Espanha que foi arranjanda bem em cima da hora, e acabei usando os seus posts pra costruir o nosso roteiro =]
    Adoro acompanhar o blog! Obrigada por compartilhar as suas experiências com a gente, tanto da vida Canadense quanto das viagens!!!

    ResponderExcluir