9 anos no Canadá - 9 coisas que faríamos diferente


E chegou aquela época do ano mais uma vez onde colocamos mentalmente na balança o fato de morarmos em um país tão distante daquele onde nascemos. Neste ano, completamos 9 anos em terras canadenses, 9 anos na região de Ottawa/Gatineau, 9 anos de muitos aprendizados, erros e acertos, mas acima de tudo, a certeza de termos tomado a decisão certa lá atrás, quando decidimos por aventuras que, sem dúvida, mudariam nossas vidas.
Pensei que seria uma boa idéia falar de coisas, depois destes anos aqui, teríamos feito diferente ou ainda queremos fazer, se imigrássemos hoje.
E veja bem, a lista vem em ordem aleatória e acima de tudo, não são arrependimentos necessariamente, e sim, decisões que teríamos pensado mais contando experiências que tivemos desde então, coisas que julgávamos importantes lá e agora não são tanto e vice-versa e coisas que ainda não conseguimos fazer.

Nossa linda Ottawa
Celebrando os eventos de setembro em PEI
Nossa pequena família (faltando os peludinhos)

1. AJUDA DE ADVOGADOS PARA IMIGRAÇÃO: Assunto um tanto polêmico, complicado e estritamente de preferência pessoal. Acho que se estivéssemos imigrando hoje, não teríamos utilizado a ajuda profissional que tivemos em 2006. E por que? Bem, lá naquela época, a internet disponibilizava de muito menos blogs sobre outros que já tinham imigrado com experiências de sucesso e o site do governo canadense era bem menos informativo (acredite!) e nos sentíamos totalmente perdidos, sem ter pra onde recorrer. Muita gente fez por conta e pode ter opinião diferente, mas pra nós, naquele momento, foi aquela voz da segurança.
Mas vendo hoje, acho que poderíamos ter nos empenhado mais (eu principalmente) em entender melhor o processo e evitar o gasto que um serviço desses custa.

2. PESQUISAR BEM A CIDADE DE DESTINO: Hoje em dia, me parece bem mais fácil saber como a vida funciona e quanto ela custa em qualquer lugar do mundo. Há 9 anos, não era impossível, mas achávamos mais dificuldades.
Acho que nossa escolha foi acertada, adoramos Ottawa e se encaixou bem com nossos requisitos, mas acredito que poderíamos ter vindo mais preparados, conhecendo mais detalhes e ter visitado a cidade antes da grande mudança pra cá.

3. ESTUDAR MAIS FRANCÊS: Essa está sempre valendo, mas pra quem vem para essa região da capital, o francês é um extra muito bem aceito no mercado de trabalho. Eu acho que poderíamos ter nos dedicado mais, principalmente quando ainda éramos só 2 e tínhamos mais tempo, para adicionar mais essa língua no currículo (o que eu ainda pretendo fazer... antes tarde do que nunca, né).

4. CURTIR MAIS O INVERNO: Uma coisa unânime a respeito de Ottawa é o inverno rigoroso e longo (não o mais longo do Canadá, eu sei, mas enfim) e uma coisa que estamos em falta aqui em casa é aderir mais aos esportes de inverno e atividades da estação, para tornar estes longos meses de frio e escuridão mais agradáveis. Pretendemos ir patinar mais, colocar Alice em aulas de ski e fazer mais tobogã na neve, pelo menos... mas eu gostaria de testar o cross-country ski e o snow-shoeing num futuro próximo!

5. CAMPO DA MINHA PROFISSÃO EM OTTAWA: Acho que não é impossível se encaixar no campo de arquitetura em Ottawa, mas é uma cidade menor, um tanto conservadora (melhorando aos poucos) e as oportunidades são muito menores que cidades como Toronto e Montreal, por exemplo. Claro, a área de tecnologia é aquecida aqui e oferece várias oportunidades, o que transformou Ottawa uma ótima opção para a profissão do Diego, então a nossa decisão de vir pra cá foi acertada, mas pesquisaria melhor antes de decidir com relação à arquitetura.

6. MORAR EM QUÉBEC: Opinião estritamente pessoal, mas tendo morado no lado mais francês da região da capital, constatamos que não foi vantagem pra nós, particularmente. Não temos nada contra o Québec, mas nos encaixamos muito melhor com Ottawa, nossos empregos estão aqui, preferimos várias das coisas em Ontario, como por exemplo, o sistema de saúde e o sistema escolar.

7. DESLUMBRES COM PREÇOS: Quem já veio para a América do Norte sabe que, pra muita gente, é um paraíso do consumismo. Muitas coisas são muito mais baratas que no Brasil, como eletrônicos, roupas etc. Outro exemplo, comprar carro novo a 0% de juros num financiamento de 60 meses ou mais, pode ser tentador. Nós não somos muito consumistas, mas fizemos algumas compras no início que talvez pudéssemos ter esperado um pouco mais. 

8. MORAR NO CENTRO: Essa é mais uma coisa que eu acho que teria sido legal, mas não é um arrependimento de forma alguma, o fato de morar no centro de Ottawa, sentir o ambiente vibrante, pessoas na rua, bares cheios no fim da tarde, ir caminhando para restaurantes e importantes pontos turísticos da cidade. Acho que teria sido uma experiência interessante quando não tínhamos filhos ainda, mas na real é que sempre foi mais prático para nós termos morado mais para lado oeste da cidade, já que a área de tecnologia e TI é mais localizada aqui (no lado oeste) e ainda mais agora com filhos e bichinhos.

9. VER A AURORA BOREAL: Essa não depende somente da gente, mas durante esses 9 anos a aurora boreal ou luzes do norte já foi vista aqui na região de Ottawa, mesmo que breviamente. A questão é se dispor a sair "caçando" a aurora no meio da madrugada, o que pode ainda resultar em nada. Com as crianças e o cansaço do dia-a-dia, nunca encaramos. Tomara que logo aconteça de aparecer olhando da janela de casa, como ouvimos dizer que já aconteceu no passado aqui em Ottawa.

Seria uma aurora boreal? Não sei ao certo... mas eu achei lindo e fotografei da nossa janela de casa lá em Gatineau em 2010.

Rumo a uma década!! Nossa, nem acredito... Por favor, fiquem à vontade para sugerir assuntos aqui no blog e até o próximo post!!

6 comentários:

  1. Parabéns Adri, acompanho seu blog desde o inicio quase, e vi tua familia se tornando cada vez mais linda!!Que venham muitos anos mais de Canadá pela frente, com muita saúde e sucesso a todos vocês!!

    ResponderExcluir
  2. Olá, descobri o blog de vocês hoje, estou começando a fazer os levantamentos para imigrar para o Canadá. Vou para uma cidade um pouco menor, porém, muito bem estruturada como todas por aí. Parabéns e muitos anos pela frente no Canadá.

    ResponderExcluir
  3. O BLOG já estava nos meus favoritos, mas particularmente o título do texto foi o que chamou minha atenção e o texto em si contribuiu bastante para minha pesquisa. Parabéns pelo trabalho.

    ResponderExcluir
  4. Olá Adriane! Gostaria muito de poder trocar uma ideia com vc pq moro em Quebec há 5 anos e vislumbro uma mudança pra sua região ano que vem. Buscando info cai no seu blog. Achei curioso vc falar dândis experiência aonde, em outras palavras, vc tira aquela ideia inicial de morar em Gatineau e trabalhar em Ottawa. Será que vc toparia conversar comigo um pouquinho pra eu te fazer algumas perguntas pontuais? Obrigada Fernanda

    ResponderExcluir
  5. poxa! adorei seu blog
    vou ker tudo com atenção, uma inspiração ´pra mim que chegei aqui em Toronto a 6 meses p cursar Architectural Technologic no Centennial College! vim com marido e três filhas, buscando maia oportunidades e um futuro melhor p elas! obg pelas ótimas dicas!Adoro trabalhar com interiores e é justamente o que tenho pensado em fazer por aqui!

    ResponderExcluir