Lunenburg - Nova Scotia

Um dos pontos mais fotografados de Lunemburg.

Enquanto estávamos visitando Halifax (veja post aqui) em Nova Scotia, tiramos meio dia para visitar a vila de Lunenburg, há cerca de 1h15min de carro. Apesar da cidadezinha (pouco mais de 2 mil habitantes) ser super pequena, achamos que valeu a pena visitá-la, contando todo o charme, o colorido e as visuais. Não tem muitas coisas para fazer lá, assim, pontos turísticos e tal, então o ideal mesmo é curtir as ruazinhas, as visuais e a culinária local. Ela consta como uma vila de pescadores e é reconhecida como um National Historic Site of Canada e Patrimônio Mundial da Unesco, então charme é o que não falta.
Bem, acho que as fotos falam por si, mas vejam mais comentários específicos abaixo de cada foto:

Ruas estreitas, mas cheia de cor em Lunenburg

Tem horas que as pernas cansam - hehe

Souvenirs em Lunenburg

Colorido de encher os olhos pelas ruas centrais de Lunenburg

Um dos restaurantes fofos de Lunemburg

Nossa escolha para almoço - Salt Shaker Deli - bem simpático
Crab cake no Salt Shaker Deli

A pose com o painel colorido tinha que sair... mesmo com nem todo mundo olhando... hehe

Dica: visuais lindas de Lunenburg do outro lado da cidade (club de golf)

Pausa para o descanso ou brincadeiras: cada um com sua atividade..hehe
Lunemburg é um dos exemplos mais bem cuidados de uma colônia britânica no Canadá.
Mais cores nas ruas simpáticas de Lunenburg

Lunenburg - NS
Beijos e veja abaixo os links para os demais posts desta viagem:

Províncias Marítimas canadenses com crianças

Moncton - NB

Hopewell Rocks - NB

Charlottetown e província de PEI

Halifax - NS


3 comentários:

  1. Olá, Adriane!
    Eu e minha esposa, Rebeca, gostaríamos de dizer que o seu blog foi um verdadeiro achado e veio bem a calhar com os nossos próximos planos de viagem. Estamos com viagem agendada para conhecer Newfoundland e as províncias marítimas, e tem sido difícil encontrar boas informações de brasileiros que vivenciaram experiências nesta parte do Canadá. Na realidade o seu blog é a única fonte disponível. Já estivemos no Canadá no ano passado, para uma grande aventura, quando desembarcamos em Vancouver no dia 29 de abril e retornamos para o Brasil, em 30 de maio, depois de percorrer 6 mil Km pela Highway 1. Não tínhamos a intenção de retornar tão de imediato ao Canadá, mas, dentre tantos projetos de viagem que rondam a cabeça, ficou aquela vontade de concluir a nossa aventura pela Highway 1, conhecendo esta parte do Canadá que não faz parte do rol dos principais destinos turísticos do país. Quando disse agendado, na verdade, já nos encontramos numa etapa uma pouco mais adiantada, considerando que já compramos os bilhetes. A nossa chegada, direta em St. John’s, ocorrerá no dia 28 de abril. De lá, seguiremos os caminhos da Highway até a Cidade do Quebec, para reunir as pontas soltas. Mas vamos ao X da questão. Lendo os seus posts sobre St. John’s e as províncias marítimas, nos bateu aquela sensação de arrependimento, no que diz respeito às datas escolhidas e o clima na região. O problema é que, já há muito tempo, elegemos a primavera como a nossa estação preferida para viagens ao Hemisfério Norte. Só que, dessa vez, sem considerar devidamente a região e o clima, talvez, tenhamos nos precipitado um pouco. E aí, segundo sua experiência, o que você acha? Seria recomendável uma tentativa de alteração das datas, ou dá para suportar o frio? Nossa segunda opção de datas, seria partir no dia 15 de junho, retornando no dia 02 de julho. Importa salientar que, na nossa bagagem, ainda tem a Maria Luísa, nossa filha que completará seus 06 anos em 31 de março, e o Samuel, nosso ousado pilantrinha, que fará seus 02 anos em 15 de fevereiro. Ambos suportaram bem nossa aventura do ano passado. E olha que pegamos um bom frio em Saskatoon e Winnipeg. Mas também outros aspectos devem ser levados em conta, como: as atrações e estabelecimentos fechados e/ou abertos na estação; preço de hospedagem e aluguel de veículos, etc. É isso aí. Ficamos no aguardo de qualquer ajuda que vocês possam nos dar. Grande abraço para toda linda família. Adelio e Rebeca. P. S. Desculpe ter escrito tanta coisa.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo Comentário Adelio e família!
    Olha, junho e julho seria melhor na questão temperatura com certeza, mas acho que o fim de abril pode possibilitar alguns passeios e temperaturas amenas. Como você deve ter lido, estivemos em St. John's em junho e ainda tivemos que usar manga comprida e casaco para o passeio das baleias. A região lá tem bastante neblina e imagino que no início da primavera seja ainda mais encoberto. Por outro lado, vcs conseguirão ver mais icebergs nesta época.
    Enfim, se eu fosse escolher, iria mais no fim da primavera ou no verão, mas isso depende da disponibilidade de vcs e tudo mais...
    Abraços e espero que vocês se divirtam!
    Adri

    ResponderExcluir