Quanta diferença 1 ano faz...



Incrível como a noção do tempo passando tem dois lados: algumas vezes não conseguimos entender como que já estamos no meio de novembro, pouco mais de um mês das festas de final de ano e ao mesmo tempo, wow, quanta coisa pra lembrar nesses 11 meses e meio de 2016. Eu tenho dias nostálgicos, ou bem dizendo, estou sempre com aquela sensação que essas duas mocinhas aqui em casa vem crescendo, falando, inventando brincadeiras e interagindo super bem, mas rápido demais.
Tenho certeza que quem é pai e mãe vai concordar comigo.
É doce e é amarga, essa convicção de que nossos filhos vão crescendo, assim, num piscar de olhos, mas ao mesmo tempo, se abrem portas para tantas outras emoções vindas deles, com outra fases e outros encantos. Enfim, melhor curtir cada segundo e fazer cada momento especial em família.

Novembro 2015

Novembro 2016

Quanto a essas duas pimpolhas, cada dia temos mais diversão com elas. As conversas, agora em 4, são um dos pontos altos do nosso dia. Elas começaram a brincar entre elas nos últimos meses e está sendo bem legal ver essa dinâmica nova.
Outra coisa que você talvez veja nessas fotos são ainda folhas nas árvores, fato que nem sempre acontece em novembro. Hoje elas já estão todas caídas nas árvores daqui da rua, mas demoraram mais neste ano, o que dá um tempinho a mais para apreciar as lindas cores do outono canadense. Também tem o fato de estar sendo um outono ameno, com tempeturas positivas na casa dos 2 dígitos ainda agora, pra lá da metade do mês. Fato que tem sido bom para quem esteja visitando a região nesta época, podendo aproveitar mais passeios ao ar livre. Além do mais, os dias vem encurtando a cada dia que passa e está começando a escurecer às 4 da tarde, sendo super escuro já as 5. Eu acho um quesito bem importante a se levar em conta numa viagem pra cá de novembro a fevereiro, além do frio, é claro.

Outono no Canadá [parte 1]

Muitas cores e sorrisos no outono canadense... ehhe

Beijos e até a próxima...